Processos

Nota de Repúdio ao ato político de ataque ao mandato do vereador Rafael Missiunas

APTAFURG – SINDICATO DOS SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS (APOSENTADOS) E PENSIONISTAS DOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM  EDUCAÇAO DAS INSITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO NO MUNICÍPIO DO RIO GRANDE/RS

 

 

NOTA DE REPÚDIO

 

O Sindicato dos técnicos e técnicas administrativas em educação, da Universidade Federal do Rio Grande, reprova veementemente o ato político de ataque ao mandato do vereador Rafael Missiunas. A coordenação deste Sindicato classifica a tentativa de suspensão/cassação do referido mandato como um ataque à democracia.

Tal ato se alinha com a performática antidemocrática do Governo Federal, bem como do Governo Estadual, quando promovem ataques às Instituições do Estado democrático de direito. É inadmissível aceitarmos a desconstituição do direito mais básico de uma democracia representativa: a inviolabilidade da liberdade de expressão de um mandato popular.

A base governista do Prefeito Fábio Branco desrespeita o voto popular quando, ignorando-o, constitui uma comissão na perspectiva de cassação/suspensão de um mandato legitimamente eleito; desrespeita a Constituição Federal que garante a livre expressão de mandatos eleitos democraticamente; desrespeita a inteligência da classe trabalhadora quando produz o engodo da narrativa de que ouve uma falta de decoro parlamentar, quando na verdade houve uma manifestação dura e necessária diante de um ataque vil aos trabalhadores e trabalhadoras cobradoras do transporte coletivo, retirando-lhes o emprego para o benefício da Empresa.

Em uma linha de continuidade com o Governo Federal e Estadual, reproduz-se a política de destruição econômica também em nosso município. O parlamento municipal, de forma covarde desconstitui o direito social mais elementar: o direito ao trabalho. O parlamento municipal quando aprova a extinção do trabalho de cobrança do transporte público, o faz retirando o sustento de dezenas de famílias. E o faz na defesa dos interesses da empresa, no interesse do capital.

O mandato popular que hora é atacado, se apresentou de forma coerente e necessária. A fala do mandato foi proporcional à política do governo municipal de destruição de postos de trabalho, apostando na miséria da classe trabalhadora para a locupletação da Empresa de Transporte Coletivo.

Por tudo dito acima, este Sindicato repudia com todas as forças da classe trabalhadora este ataque que não é contra o mandato do vereador Rafael Missiunas, mas um ataque ao campo democrático e popular. Hoje cala-se um mandato, amanhã cassa-se todos os mandatos do campo progressista.

 

 

Rio Grande, 26 de outubro de 2021

 

Direção da APTAFURG

 

Expediente secretaria APTAFURG

Devido a pandemia a secretaria do Sindicato permanece fechada para o atendimento presencial ao público, porém qualquer informação que o associado necessitar pode ser direcionadas aos telefones/whatsapp (53) 984285688 e/ou (53) 984285716 ou ainda pelo email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
 

Últimas Notícias

paralelo30.fw

Campanhas

rs

br

rg

logo_furg

CUT

globe

globe

globe